segunda-feira, 17 de novembro de 2008

Óleos Essenciais e Química Fina

Os óleos Essenciais podem ser utilizados como matéria-prima para a síntese de compostos de alto valor comercial. A seguir, apresento alguns óleos que foram estudados como material de partida para a Química Fina.









Óleo Essencial de Capim-Limão

É constituído principalmente de Citral (mistura de geranial e neral) tendo como constituinte minoritário o mirceno. O teor de Citral no óleo pode variar entre 60 e 80%.
A condensação do Citral com cetonas é bastante conhecida e estes derivados são comercializados como produtos finos ou como substâncias de partida para outras sínteses. Como exemplo, a Alfa-metil ionona e isometil ionona são utilizadas nas indústrias alimentícias (sorvetes, gelatinas, doces) e a Pseudo ionona utilizada como fragrância.



A condensação simples do citral com álcoois e glicóis produz os cetais, empregados nas indústrias de aromas e alimentos.
É importante ressaltar que estes produtos são obtidos por conversões simples do ponto de vista químico.
Estas opçõespodem tornar atraente o cultivo de Capim-Limão em regiões economicamente pobres, usando-se a tecnologia química para transformações em produtos mais rentáveis.

O Óleo Essencial de cravo

O óleo essencial do botão de cravo é pouco produzido, embora sua procura seja grande. O botão contém 17% de óleo essencial e o talo que o acompanha contém de 4 a 6%. O óleo pode conter até 90% de eugenol, tendo como segundo maior constituinte o cariofileno.
Apesar dos ésteres e éteres do Eugenol terem utilização comercial, a Vanilina, sem dúvida é o principal produto oriundo daquele fenol. A Vanilina é uma substância de grande interesse industrial. Além de ser diretamente utilizada como aromatizante em vários tipos de preparações alimentícias e farmacêuticas está sendo cada vez mais utilizada como matéria-prima na síntese de princípios ativos de medicamentos.
A vanilina é principalmente obtida como subproduto da indústria de papel, sendo também produzida a partir guaiacol e da lignina. A produção a partir do eugenol tende a aumentar devido a atual regulamentação rígida dos produtos para o consumo humano exigir produtos naturais.




FONTE: CRAVEIRO, A. A. ; QUEIROZ, D. C. Óleos essenciais e química fina. Revista Química Nova, 16(3) 1993.

Nenhum comentário: